terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Jornada de Estudos Poéticas da Oralidade


Prosseguiram os debates na Jornada de Estudos Poéticas da Oralidade, promovida pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB.
Duas mesas foram realizadas na tarde de hoje.
A primeira: "Como transformar um tesouro em patrimônio" discutiu as possibilidades de acesso e difusão do acervo da Biblioteca Átila Almeida. Com a compra da coleção do professor Gilmar de Carvalho, o acervo da UEPB passou a ter cerca de 15.000 folhetos e foram apresentados resultados das ações para conservação e difusão do acervo.

A segunda mesa "O universo dos cordelistas, cantadores e editores" discutiu aspectos da oralidade e da escritura do cordel, almanaques e cantoria na contemporaneidade.

2 comentários:

CARIRI CANGAÇO disse...

Parabens pela iniciativa.
Abraços,
Severo

Eldo disse...

Que acervo maravilhoso! Sabe, Rosi, eu penso, às vezes, muito grande e aí eu imaginava um salão imenso com janelinhas digitais que seriam os cordéis disponibbizados ali. vc podendo virar as páginas digitalmente. O original ficaria seguro, e acessível para estudantes e pesquisadores, numa outra sala mais restrita, mas muito confortável e agradável. Um lugar vivo. E isso não é caro, nem difícil. só é quase impossível por conta de uma coisinha: falta amor e respeito por Literatura.